Busca de Filmes
ESSES MOÇOS (2007)
Créditos
Longa-metragem, Sonoro, Ficção
Material original: 35mm, cor, 80', 2.220m'

Origem: Salvador (BA)
Produção:2002
Estréia: 25/05/2007, Salvador (Estação de Trem da Calçada)
Locações: Cidade Baixa (entre o Comércio e Atapagipe)


Distribuição: Pandora

Direção: José Araripe Jr.
Diretor(a) assistente: Jairo Eleodoro, Adler (Kibe) Paz
Continuidade: Daniela Borges

Companhia(s) produtora(s): Truq Cine e Vídeo
Produção: Moisés Augusto
Produção executiva: Diana Gurgel, Moisés Augusto, Sylvia Abreu, Ilna Baptista
Direção de produção: Taissa Grisi
Pré-produção: Renata Matos, Yuri Almeida
Platô: Macarra Vianna
Produção de base : Camila Machado
Produção de elenco: Elson Rosário, Débora Landim, Rose Anias
Assistência de produção: Haroldo Borges, Mina Ishikawa
Assistência de platô: Ari Rodrigues
Assistência de produção de elenco: Tatiana Barual, Silvana Presta, Moina Bartilotti, João Mateus

Financiamento/patrocínio: BNDES, Lei do Audiovisual - ANCINE/Minc, FazCultura - Governo do Estado da Bahia, Bompreço

Roteiro: José Araripe Jr.
Co-roteirista: Victor Mascarenhas, Hilton Lacerda, Ricardo Soares

Direção de fotografia : Hamilton Oliveira
1º assistente de câmera : Adilson Bacelar, Alex Meira
2º assistente de câmera: Ulisses Neto
3º assistente de câmera: Hans Herold, Antônio Cláudio (Dão)
Chefe de elétrica : Orlando Fernandes de Souza
Assistente de elétrica: Romenildo Borges , Justino Ferreira Lima
Chefe de maquinária: Luís Carlos Campos
Maquinária: Ivane José Neiva (Zé Bola)
Assistente de maquinária: Eudar Brito, Luis Carlos Orelha
Operador de VT: Fernanda Gomes
Fotografia de cena: Sora Mia
Making Of: Henrique Dantas, Leonardo Meirelles

Som direto : Nicolas Hallet
Som direto (2a unidade) : Beto Neves, Eduardo Ayrosa
Assistente operador de áudio : Gláuco Neves , Nattan Cerqueira, Wagner Val

Cenografia : Gilson Rodrigues
Figurinos: Diana Moreira
Assistente de cenografia : Sandro Batista, Lázaro Vitório
Contra-regra(s) : Lucrécia Rodrigues
Assistente de figurinos : Péricles Rodrigues, Rita Moreno
Assistente de maquiagem : Manoela Perez

Montagem : Jefferson Cysneiros

Direção musical : Beto Neves
Produção musical: Estúdio Base

Produção de finalização: Tanille Queiroz
Edição de som : Effects Filmes
Mixagem: Estúdio Alamo
Intermediação digital: TeleImage
Print master: Estúdio Alamo
Revelação de negativos : MegaColor
Telecine off-line: Estúdios Mega

Elenco: Inaldo Santana (Diomedes)
Santos Dayane (Chaine)
Flaviana Barros (Darlene)
Edmilson Barros (Militão)
Manfredo Bahia (Navarro)
Arly Arnaud (Arnilda)
Rita Santana (Marli)
Neyde Moura (Deolinda)
Iarni Rebouça (Denise)
Lázaro Machado (Farelo)
Francisco Pithon (Zeca)
Rai Alves (Passante 1)
Celso Jr (Padre)
Carlos Betão (O Motorista)
Agnaldo Lopes (Passante 2)
Gideon Rosa (Crente)
Rafael Mendes (Balconista)
Andréa Duque (A Motorista)
Fafá Pimentel (Velhinha Fogosa)
Roberto Sales (Carona)
João Miguel (Bispo do Rosário)

Elenco Secundário:
Lula Nascimento (Noivo)
Nair Borges (Noiva)

Figuração Especial:

Dil Andrade (Padrinho 1)
Paulo Pontes (Padrinho 2)
Eva Lima (Madrinha 1)
Ninfa Bastos (Madrinha 2)
Lis Araripe (Moça da Caminhonete)
Mateus Rosário (Motorista da Caminhonete)
Max Ruy (Policial)
Toni Nascimento (Homem do Trem)

Gang do Piolho
Francisco Pithon (Pilho)
Willian Jesus dos Santos (Menino de Rua 1)
Leonardo Leandro dos Santos (Menino de Rua 2)
Anderson Carlos dos Santos (Menino de Rua 3)
Lucimar Cerqueira dos Santos (Menino de Rua 4)
Thierry Melo Moitinho dos Santos (Menino de Rua 5)
Eleosvaldo Lima dos Santos Jr (Menino de Rua 6)
Rosekelle da Silva Santos (Menina de Rua 1)
Elaine Adorno da Silva (Menina de Rua 2

Arthur Dublê de (Edmilson Barros)

Bal Oliveira Bonfim (Dublê de Inaldo Santana)

Fontes: Transcrição de letreiros (DVD/Acervo Dimas); Cinemateca Brasileira; José Araripe Jr.; Site da Truq Cine e Vídeo.





Imagens
OBSERVAÇÃO

Observações: Site da Truq indica 84' de duração.
SINOPSE

Sinopse: “A vida de duas meninas que encontram um velho perdido. Dayane, a menor, passa a vê-lo como o avô que nunca teve. A maior, reproduzindo o que faz no dia-a-dia, passa a usá-lo para pedir esmolas. Diomedes, o velho, se deixa usar, mas conduz as meninas através da estrada de ferro para o seu mundo onde inocência e velhice compõem a música do tempo.” (Festival de Brasília 2004)

Mais informações
Contato: Sylvia Abreu - sylvia@truq.com.br
José Araripe Jr. - joseararipejr@uol.com.br